Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cumplice Do Tempo

ser cúmplice é ser parte de algo

Cumplice Do Tempo

ser cúmplice é ser parte de algo

Meu & Seu

 

 

Foi num olhar seu que o meu ali se perdeu, foi ali que ele olhar meu, encontrado, jamais quis ser, pois desde logo ele percebeu que ali nunca se iria perder, e foi no sentir de cada olhar seu que tudo faria sentido desde esse dia em que ele, seu olhar cruzou o meu.

 

Foi naquele abraçar de um sorriso seu que um sorriso meu ousou abraçar o seu, para ali ficar e desde aí dar sentido a cada sorriso que ambos, então iriam trocar, nessa simbiose perfeita de abraços que neles sorrisos de forma perfeita ali e alem se iam conjugando, sendo eles, deles ou seus.

 

Foi num beijo seu que o meu mundo se juntou ao seu, e foi ali no percorrer dos meus lábios nos seus, que eles beijos, ao meu mundo e ao seu deram razão e vontade de ser, como que se ali, ele mundo meu e seu quisesse se redescobrir a cada encostar dos nossos lábios numa forma desenfreada de um mundo novo encontrar a cada beijo seu e meu.

 

E foi neste cruzar de almas que o meu amor e o seu num só se iriam tornar, neste encruzilhar de sentimentos onde eles sentidos quiseram ali e alem  se perderem, nessa incessante vontade de um no outro serem  encontrados, onde cada beijo meu se tornou abraço seu , cada sorriso completava o outro, fosse ele seu ou meu e onde cada olhar trocado começava, e um no outro nunca  acabava, pois infinito, já ele amor se tornara.