Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cumplice Do Tempo

ser cúmplice é ser parte de algo

Cumplice Do Tempo

ser cúmplice é ser parte de algo

Amor e cumplicidades

 

 

Reinventem-se cumplicidades em cada olhar, movidas pela simplicidade de um querer comum, renovem-se juras de amor em cada suspiro, acalentadas na paixão que em ambos se assemelha a uma sensível forma de prever um futuro ansiado, repetem-se as palavras que a cada momento relembrem a razão de ser deste amor incondicional alicerçado na poesia de um dia a dia repleto de letras que se conjuguem num só significado, sinónimo de um afecto que na sua total plenitude se exprime, sustentem-se os desejos e ambições, reciprocidades que em beijos e abraços sinceros se amparam, suportem se dores e mágoas em toda e qualquer instante num partilhar de compaixões e bondades que nesta união de bem-quereres reforçam os tentáculos de um verdadeiro afeiçoamento mútuo, reiterem-se vontades e escolhas respeitando os desejos de cada um, refazem se planos e voltam se a fazer continuadamente na esperança de irem ao encontro e satisfação de ambos, redefinem-se objectivos em harmonia, sensibilidades conjuntas inspirada num bem-estar e acalmia própria de um porto de abrigo que a dois se construi ao longo de momentos únicos e ímpares, e que só um amor puro ancorado no coração e alma de cada um, pode dessa forma o proporcionar.

E assim se unem aqueles que se amam, e assim vencem aqueles que no amor acreditam, porque ele amor, a cada dia se reinventa nas cumplicidades de cada olhar partilhado, de cada beijo dado, de cada abraço trocado, de cada suspiro dividido….


Dedicado ao Jorge e a Vanda neste dia tão especial