Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cumplice Do Tempo

ser cúmplice é ser parte de algo

Cumplice Do Tempo

ser cúmplice é ser parte de algo

Embarco no embaraço

 

 

Nos teus braços, o indagar de um abraço, enlaço que se perde entre a infinidade do teu ser e esta tua tão-somente, sensitiva forma de estar, averiguar de emoções que na mescla de ele infinito contigo, entrelaçam o corpo com a alma…

Abraço tão-somente gesto, desprender de anseios que se dissipam num corpo sereno e receptor de um aliviar de mágoas, insolvência reciproca de ensejos dissolvidos na mutualidade de um amor, nele abraço revelado.

União que se redescobre no cingir dos nossos corpos, permuta de um desejo repartido que no intento e na vontade ousa sobejamente se desfazer de qualquer intencionalidade inequívoca , na pureza de um meramente abraço, como que se nesse enlaçar se cingisse unicamente a sua escolha de ele ser, tão-somente gesto.

E assim embarcamos no embaraço de um abraço ansiado, embaraço dos meus braços como os teus, embaraço do teu sorriso com o meu, ânsia partilhada na timidez de ele somente gesto, que no prolongar deste abraçar do meu corpo com o teu se fez embaraço de uma tão-somente vontade de um simples abraço se dar.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.