Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cumplice Do Tempo

ser cúmplice é ser parte de algo

Cumplice Do Tempo

ser cúmplice é ser parte de algo

Redesenhar

 

 

Em cada palavra quero redesenhar os meus sentidos para que em cada letra se possa definir os contornos dos meus mais íntimos desejos, quero assim ao escrever a palavra “barco” que possas desde logo embarcar no apaziguado mar que envolve este meu sentir para contigo e que em cada letra que a compõem sintas o doce suspirar que te quer levar a bom porto num “b” de beijo, “a” de amante, “r” de rendido aos teus encantos, “c” de cúmplice e que o “o” esse somente se perca no termino do infinito, que na palavra “mar” desde logo tenhas uma súbita vontade de mergulhar perante tamanha limpidez de suas aguas, reflexos cristalinos deste meu afecto, pois nele “mar” iras encontrar o “m” que se faz melancolia, o “a” amparo que te quero presentear e no “r” resplandecera todo o meu bem-querer, e assim imergida na palavra “aguas “ poderás então suavemente saciar a tua sede de sentimentos somente com um olhar pois nela estará toda a transparência deste meu desejar que no “a” se fez ânsia para num “g” com gosto te dizer que no “u” de união estarei com o “a” de amor num “s” de sempre… e é assim que por ti eternamente irei redesenhar cada palavra para que nos contornos de cada uma de suas letras te possa ofertar com um novo sentido que te levara sempre e tão-somente ao significado da palavra “amor”

29 comentários

Comentar post

Pág. 1/2