Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Cumplicidades

por cumplicedotempo, em 11.07.13

 

Foi na linha em que o horizonte se separou do infinito que os meus maiores desejos se perderam, foi nessa fronteira onde o meu olhar se dissipou que a visão perfeita de uma tua silhueta se dissimulou, como que se um véu a cobrisse, foi neste pequeno espaço de tempo entre o ter te nos meu braços e te perder que o meu sorriso se desvaneceu

É onde o meu olhar se perde que a saudade nasce, onde ele se dissimula que ela cresce e onde tudo em mim para além do sorriso se desvanece que ela saudade em mim se embrenha, e é nesta melancólica forma de por ti ansiar que persisto em procurar te para lá daquela linha em que o horizonte se separa da infinidade de recordações e sonhos, mesmo sabendo que eles simples desejos nela se perderam, tal como é nesta fronteira onde ele olhar já não te alcança, que todo os pedaços de tempo por nós vividos se tornam memorias desvendadas num véu agora tela viva de momentos passados, é neste pequeno momento entre ter e não te ter que por vezes me deixo levar pela saudade, para nela me poder reencontrar em ti, nem que este seja só um pensar, uma recordação, uma imagem, uma memoria…

E sempre que atravesso esta linha, é como se as cumplicidades que no tempo partilhamos se redescobrissem umas as outras para juntas se tornarem, não mais passados momentos, mas instantes presentes que me nutrem na tua ausência

Foi para lá dessa linha que nos separa que percebi o significado da palavra “saudade”, e ao atravessa la vezes sem conta entendi, que “cumplicidades” jamais poderão existir sem ti.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:12


4 comentários

Imagem de perfil

De amaria a 11.07.2013 às 16:14

De todas as pessoas que passam na nossa vida,,as que sem duvida ficam guardadas na nossa memoria dessa forma tao especial,,,sao justamente aquelas que cultivavamos essa cumplicidade que tanto falas,,onde bastava um so olhar para se entendermos,,nem que a nossa volta existissem um mundo de pessoas e circunstancias diversas,,E isto que faz doer,,quando olhamos pra o lado,,e nao encontramos,,

Parabens por me trazeres essas doces lembranças de volta por breves momentos,,tao breves quanto elas foram,,


Beijinhos e continuaçao de boas inspiraçoes,,
Imagem de perfil

De cumplicedotempo a 11.07.2013 às 19:36

essas doces lembranças são os tais instantes presentes que nos nutrem na chamada "saudade", fico feliz saber que estas cumplicidades te despertarem bons momentos por mais breves que tenham sido

beijo cúmplice amaria e que a inspiração nos acompanhe sempre a cada cumplicidade
Imagem de perfil

De Existe um Olhar a 11.07.2013 às 16:46

Vale a cumplicidade para atenuar a saudade.
Os bons momentos passados ninguém tos pode tirar e são um lenitivo para a alma que fazem com que se tenha a inebriante sensação que mesmo longe, está-se sempre perto.

Beijos Cúmplice
Imagem de perfil

De cumplicedotempo a 11.07.2013 às 20:03

cúmplices e sabias palavras minha amiga pelas quais me deixo levar com um sorriso enorme :)
um bem haja a tua cumplicidade

beijo deste cúmplice inebriado pela tua amizade

Comentar post