Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Pelas margens de ti

por cumplicedotempo, em 01.06.12

 

Pelas margens do rio que há em ti, comtemplei as mais belas paisagens... Pela corrente deste teu leito, essência em ti, deixei-me levar, deleite cristalino de um só suspiro que desta transparência de tuas águas eclodia, fervilhar de lagrimas, simples transpirar. Pelas margens deste rio que corre em ti pude sentir a alma deste teu único ser, e na envolvente fragância que dela emanava, a volúpia misteriosa desta balsâmica forma de estar em ti.

Pelo rio que há em ti, à margem não consegui mais ficar, mergulhei na limpidez de suas águas, como que se na transparências de uma ínfima sensibilidade reflectida me deixasse afundar, fundear de cumplicidades que no ondular deste rio só teu, cadenciava o voltar do meu ser a margem deste leito imaginário, e nesta catadupa envolvente entre o ir e o voltar, embriagava-se o meu ser em ti

Pelo rio que corre em ti e que em mim veio desaguar, deixei o meu ser nas suas margens e a minha alma no seu leito, para mim, de ti voltar, e nesta corrente, rio de ti, me ancorar

Correntes que no fundo da alma se prendem, e na corrente dele rio em ti se desfazem, neste ondular sentido que ele meu ser pelas margens de ti ousou imaginar, contemplação de um rio que há em ti.

Pelas margens do rio que há em ti… o acordar de uma paixão que pelo seu leito se deixou levar, e em mim veio desaguar, numa inebriante forma de amar…

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:46


12 comentários

Imagem de perfil

De Existe um Olhar a 01.06.2012 às 23:03

Já tinha saudades de ler os teus textos embrenhados de emoções e de uma sensibilidade invulgar.
Há margens que dá gosto percorrer!

Beijos
Manu
Imagem de perfil

De cumplicedotempo a 02.06.2012 às 13:37

Percorrer de cumplicidades minha amiga , as quais es sempre muito bem vinda
beijo cúmplice embrenhado de sensibilidade :)
Imagem de perfil

De MIGUXA a 03.06.2012 às 03:08

E como é bom deixar-mo-nos levar pela corrente que nos deixa uma intensa frescura na alma...

Já tinha saudades de te ler meu doce amigo e à solta me deixo levar pelas tuas palavras que me deleitam...

Beijos cúmplices com muito carinho
Rápida recuperação
Margarida
Imagem de perfil

De cumplicedotempo a 03.06.2012 às 22:54

e na frescura das tuas elogiosas palavras deixo-te um sorriso cumplice minha doce amiga
a recuperação vai optima , obrigada

beijo solto de cumplicidades :)
Sem imagem de perfil

De Natacha a 03.06.2012 às 22:02

... como eu gosto disto!! :)

Um beijo
Imagem de perfil

De cumplicedotempo a 03.06.2012 às 22:56

... e como eu gosto que te sintas bem nestas minhas cumplicidades :)

beijo cúmplice
Imagem de perfil

De Ametista a 11.06.2012 às 22:47

Maravilhoso ler-te..
Ao escreveres, pareces cantar docemente..

Um grande beijinho com saudade :)
Imagem de perfil

De cumplicedotempo a 16.06.2012 às 18:26

Danço com as tuas palavras, pois maravilhosas são estas nossas cumplicidades de sempre :)

beijo cúmplice minha amiga
Imagem de perfil

De Universo de Paralelos a 20.07.2012 às 18:58

Muito bom. Um bálsamo para os sentidos.
Imagem de perfil

De cumplicedotempo a 02.11.2012 às 19:05

Obrigado e desculpas, obrigado pelo elogio, desculpas pela ausência de agradecimento todo este tempo :)
mas o suposto cumplice do tempo, fez birra com o ultimo :)

bem haja
Imagem de perfil

De Just Moments a 01.11.2012 às 01:38

Saudades..nostalgia..wathever! Saudades de te ler
Imagem de perfil

De cumplicedotempo a 02.11.2012 às 19:02

Este cúmplice anda muito fugido das suas cumplicidades, vamos ter que resolver isto :)

beijo cúmplice minha amiga

Comentar post