Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Reparei nela ...

por cumplicedotempo, em 17.09.10

 

 

"Reparei nela assim que entrou na sala de espera. Foi o som que primeiro me chamou a atenção, o estalar ritmado e seguro de saltos altos na cerâmica que cobria o chão. Ainda hoje, quando penso nisso, não consigo perceber como a ouvi chegar.” ... Reparei nela assim que se sentou ao meu lado, na fragrância do seu perfume desde logo me deixei cativar, o aroma desperto e frutado por ela suavemente espalhado misturava se agora no antes putrificado ar que enchia este espaço, ainda hoje quando penso nisso , não consigo entender como ainda lhe sinto o cheiro... Reparei nela assim que se virou para mim, foi o seu sorriso sincero e encantador que me arrebatou , um delinear harmonioso e subtil dos traços do seu rosto desenhava em suas faces rosadas e delicadas este sorriso vindo da alma como que o preenchendo de forma suave e sedutora , ainda hoje quando o relembro não consigo crer que algo tão genuíno pudesse existir... Reparei nela assim que a sua voz timidamente se fez ouvir, foi o seu tom melodioso e suave que no momento me despertou, agradável cadencia e musicalidade que se alternava com tímidos suspiros fruto de uma talvez fadiga, espelhada em seus lábios retraídos que em pequenos espasmos despertavam toda a sua sensualidade, ainda hoje lembro o momento e não consigo compreender como seus lábios me alcançaram de tal forma sem nunca se quer me terem tocado... Reparei nela assim que os seus olhos fixaram a janela que ao nosso lado estava entre aberta, foi a forma como ela de ali se evadiu num simples olhar que me fascinaram , seus olhos castanhos e brilhantes deslizavam lentamente e ocasionalmente perante as pessoas que iam passando , mas sempre voltando ao ponto por eles escolhidos e no momento em que o fazia suas sobrancelhas finas e delicadas desenhavam um arco perfeito sobre eles como que os aconchegando ,ainda hoje quando o recordo , não consigo perceber com o meu olhar ali também se perdeu... Reparei nela assim que saiu da sala onde a espera se tornara deleite e prazer, foi o mesmo som que primeiro me chamou a atenção que agora de mim lentamente se afastava como que se despedindo. o estalar ritmado e seguro dos seus saltos altos perdia se a cada passo que ela dava rumo ao destino que aqui a trouxera e pelo qual tão serenamente ela aguardara... Ainda hoje quando penso nisso não consigo desvendar o porquê de tal magia naqueles tão breves momentos... Reparei nela assim de forma sentida, e nos sentidos ainda hoje a recordo. Não consigo é perceber como a deixei partir sem se quer a ouvir o seu nome pronunciar. Recordo e reparo a cada dia na ânsia de um dia a aquela sala voltar e tudo de novo se voltar a repetir...

 

 

A minha cumplicidade para com a fabrica de historias

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:04


13 comentários

Sem imagem de perfil

De FatimaSoares a 17.09.2010 às 17:26

Olá amigo! Acredito que estes momentos acontecem. Quando reparamos nelas ou neles e embora "nada" aconteça, acontece tudo!!! Um grande beijinho. Gostei de ler. Um bfsemana.
Imagem de perfil

De cumplicedotempo a 17.09.2010 às 17:41

Ola fatima
gostaste de ler e eu adorei que o fizesses e gostasses
momentos de pura magia em que o final se escreve somente em pensamentos e fantasia ...
foi um pouco de encontro ao ultimo post , mas o tema mereceu nova abordagem nem que fosse somente para voltar a vestir a farda da fabrica

beijo cúmplice minha amiga e excelente fim de semana para ti também :)
Imagem de perfil

De MIGUXA a 20.09.2010 às 00:54

Cúmplice amigo,

Na tua escrita me perco, na forma morna como abordas os temas, deixando-nos aquecer a alma, viver o momento...

Já tinha saudades da tua doce cumplicidade.

Beijos com carinho
Margarida
Imagem de perfil

De cumplicedotempo a 21.09.2010 às 11:57

doce margarida
na tua cumplicidade me encontro e na sensibilidade das tuas sempre tão doces palavras, a minha alma se entrega com um sorriso no momento e sempre :)
as saudades são reciprocas amiga

beijo cúmplices e doces
Imagem de perfil

De mafalda-momentos a 20.09.2010 às 17:38

Olá Cúmplice

Ainda hoje recordo quando te conheci, lá nos teus comentários do Intervalo para Café, com os quais me identificava de ideias na maior parte deles.

Depois veio a tua escrita para o teu blog e de cada vez que te leio, oiço passos mágicos, como magia foi para ti esse som melodioso dos saltos altos que no chão pisaram.

Pela vida fora e sem qualquer razão deixamos escapar momentos tão preenchidos, reais e ao mesmo tempo simples, como este teu momento.
E apesar de breves tornam-se importantes e ainda hoje recordamos, pensando que devíamos tê-los tornado realidade.

É sempre com prazer que te leio.
Beijinhos
Imagem de perfil

De cumplicedotempo a 21.09.2010 às 12:11

recordas minhas amiga e eu também o faço constantemente , talvez torne o meu comentário pobre , mas faço o na riqueza do sentimento sublinhando e subscrevendo tudo aquilo que disseste sobre a forma como nos conhecemos
este texto embora fictício , e sem duvida uma parte de mim , que procuro constantemente magia mesmo nas situações mais simples e comuns da vida, muitas vezes a nossa vida torna se monótona por nos esquecermos de o fazer
e mesmo que esses momentos não se possam tornar realidade , devemos desfrutar deles e na sua fantasia quem sabe nos preparamos para um outro que possa acontecer e esse sim tornar se pedaço de tempo realizado

beijo enorme de cumplicidade Mafalda :)
Imagem de perfil

De Marta a 21.09.2010 às 12:19

Meu nquerido,
Vou leva-la para a acabar :-) de acordo com o desafio desta semana

Beijinhos
Saudades tuas meu qmigo
Imagem de perfil

De cumplicedotempo a 21.09.2010 às 18:05

porque será que fico com um sorriso enorme ao ler te ?
beijo cúmplice minha amiga ficarei ansiosamente a espera para ver o resultado :)
Imagem de perfil

De Ametista a 26.10.2010 às 17:05

Querido Cúmplice,
O tempo vai passando e, quando damos por isso, já passou bem apressado... Dantes era prática diária estar presente, escrevia-se sofregamente como se o mundo fosse acabar no instante da escrita dos sentidos... e as palavras ficavam para serem lidas com carinho, deixando uma vontade de ler e reler, sempre...
Bem, tudo isto para dizer-te que adoro a tua escrita, que esta tua história é doce, existe nela uma sensibilidade extrema e é suave, tão suave...
Adorei, pura e simplesmente

Um beijinho grande
Imagem de perfil

De cumplicedotempo a 24.12.2010 às 19:33

e pura e simplesmente fica me um sorriso de cumplicidade estampado no rosto
bem verdade o que dizes minha amiga,mas de todo este tempo que passa e vai passando fica sempre esta nossa sincera amizade
bem haja por isso
desejo te um excelente natal para ti e para os teus , desculpa só agora ter visto este teu comentário amiga :) ( parabéns pelo teu destaque )
Sem imagem de perfil

De allungamento a 10.12.2010 às 12:23

Parabéns pelo seu blog, muito interessante. Estou estudando Português, eu não consigo entender tudo, mas quase! ;)
Sem imagem de perfil

De Sara Machado a 05.10.2011 às 16:36

Ola !
Parabens, parabens por este blog, parabens por este texto em especial, parabens por teres o dom da palavra que tao poucos possuem, parabens, por seres quem es, e aquilo que és.
Que agradavel surpresa falares deste blog, e ver que afinal és muito para alem do que mostras ser. Que a cada dia que passa aprendemos que a aparencia não é nada,que como disses-te a semana passada eu nao era nada daquilo que pensas, pelo menos em simpatia, eu nunca imaginaria que tens este dom, e que dom tao abençoado.
Muitos parabens, de verdade e de coração, te desejo tudo de bom, obrigado por tudo, por me conheceres há tao pouco tempo, e seres assim como és comigo, eu considero-te um amigo =)
Continua assim, que agora que sei , irei ser assidua aqui...
Beijinho e mais uma vez PARABENS .

Sara Machado ( Saguinha )
Imagem de perfil

De cumplicedotempo a 05.10.2011 às 19:29

Ola ola Sarinha :)
Como tive a pouco oportunidade de te dizer este teu comentário deixou me radiantemente estupefacto, isto logicamente no melhor dos sentidos.
antes de mais muito bem vinda as minhas cumplicidades, e espero que nelas cumplicidades , possas tu também encontrar as tuas.
pois é, esse o objectivo deste blog, partilhar cumplicidades que em cada um a nossa maneira ganharão o seu sentido. se tenho realmente este dom como tu o queres chamar, não sei mas também não me preocupa minimamente, a paixão da minha escrita move se nos sorrisos de quem me lê, e isso e o bastante para que a inspiração faça o resto pela sua própria vontade.
Quanto a nossa a amizade minha amiga, não duvido minimamente dela, ela desenvolveu se e cresceu da forma mais natural, ultrapassando toda e qualquer obstáculo num rumo de perfeita harmonia ;) e assim será disso não duvido
nada se descobre num dia e as amizades muito menos ;)

beijo cúmplice sara

Comentar post