Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Sorriso

cumplicedotempo em 28.04.16

Havia em cada sorriso seu, uma poética forma de estar, como que se nos traços do seu rosto pudéssemos contemplar os versos que a sua alma e felicidade nos queriam transcrev...

Desejos & Vontades

cumplicedotempo em 26.01.16

E se no amor os seus desejos nunca iriam transparecer as suas vontades, no mais ínfimo querer tudo em si o refletia, como que querendo aí, expressar tudo o que na alma e na...

Apetecer

cumplicedotempo em 15.09.15

Apetecia-me um abraço, e nesse enlaçar dos meus braços com os teus, ser tão só, incessante e sensitivo desejo em ti, e nesse deslizar dos nossos seres queria sentir cada af...

Olhares & palavras

cumplicedotempo em 27.06.15

Trocavam olhares nas frases partilhadas, a cada sentença dividiam sorrisos, e nas vírgulas, nos pontos e reticências sentidos suspiros. No deleite de cada parágrafo os se...

E se não houvesse palavras

cumplicedotempo em 01.06.15

E se não houvesse palavras e só me restasse o olhar, seria com ele então que pelas linhas do teu ser redigiria tudo aquilo que na ausência delas, palavras, ficasse por dize...

A saudade

cumplicedotempo em 30.10.14

Desfiz a saudade em palavras e em cada uma delas redesenhei cada pedaço de ti. Na “ausência” desenhei os teus lábios para que nos seus traços pudesse contornar a falta sent...

Um abraço

cumplicedotempo em 14.10.14

Um abraço do tamanho do mundo, do meu e do teu Um abraço onde o meu mundo se torna teu e o teu se torna meu Um abraço do tamanho do espaço, do nosso e do deles Um abraço on...

Se a vida for um dia

cumplicedotempo em 12.08.14

Se a vida for um dia, então ele dia, que em ti possa nascer, pois só sendo vida em ti encontro razão para tão ténue e breve viver. Se a vida for um dia, deixa que ela ...

Pedaços

cumplicedotempo em 06.06.14

A cada encontro, desfaço-me em pequenos pedaços. Pedaços de mim e de ti, pedaços de tempo, bocados de cada momento. Pedaços daquilo que se disse e bocados de tudo o q...

E se porventura

cumplicedotempo em 01.06.14

E se porventura isto não fosse mais do que uma aventura, nunca deixaria de ser uma história de amor, escrita onde a barreira dos medos ousou se quebrar para nos desejos...

Adormecer

cumplicedotempo em 12.05.14

Adormeci lá onde o teu olhar se perdeu, pois nele olhar me refugiei para nele e com ele me perder; adormeci lá onde os teus sonhos principiaram, e neles devaneios teus, ser...

Subtileza

cumplicedotempo em 10.01.14

De forma subtil, leve, delicada e quase imperceptível trocaram desejos; subtil pelo modo como os seus olhares se encontraram por entre a multidão, que de forma insiste...